Duxer ministra oficina sobre fact-checking na UniRitter

No último sábado (30) o duxer Tiago Lobo, jornalista e idealizador da ONG Pensamento.org, ministrou uma oficina sobre fact-checking para alunos de Comunicação da UniRitter.

O fact-checking é uma prática jornalística criada para combater a desinformação  por meio de uma metodologia transparente de checagens. Confira abaixo as cincio etapas da metodologia utilizada pela Pensamento.org para checar a veracidade das informações

  1. Contato com o locutor– o primeiro passo é entrar em contato com a pessoa que proferiu a declaraçãoa ser verificada, diretamente ou por meio de assessoria de imprensa, para que ela possa informar que fontes fundamentaram sua declaração.
  2. Levantamento de referências– paralelamente, busca-se o que já foi publicado sobre o assunto na imprensa, em documentos oficiais, artigos acadêmicos e outras referências, a fim de identificar fontes confiáveis.
  3. Pesquisa em bancos de dados– a partir das pistas obtidas no levantamento inicial, a equipe busca os dados necessários à verificação em arquivos públicosou via lei de acesso à informação, se for o caso.
  4. Consulta a especialistas– consulta a especialistas, quando necessário, para obter esclarecimentos sobre o assunto e ajudar na interpretação dos dados.
  5. Novo contato com o locutor–o autor da declaração é contatado novamente para ser informado da conclusão do trabalho, possibilitando que ele se manifeste a respeito e tenha seu direito de resposta.

Saiba mais sobre o projeto Filtro no site pensamento.org.

Comments are closed.