Painel sobre negócios de impacto social abre o Geração DUX 2019

A quarta edição do programa Geração DUX – Lideranças inspiradoras inicia no dia 11 de abril na UniRitter do Campus Iguatemi com um painel especial sobre negócios de impacto social. O encontro, aberto ao público externo,  contará com a palestra de Daniel Izzo, co-fundador e CEO da Vox Capital, gestora de fundos líder e pioneira em investimento de impacto no Brasil – e  há cinco anos consecutivos é listada como uma das mais relevantes do setor no mundo.

A programação inaugural também contará com a participação de empreendedores que atuam no ecossistema dos negócios de impacto social positivo: Guilherme Braga, CEO da Egalitê Recursos Humanos Especiais, e Vinicius Augustin Muller, representando a Meu Copo Eco.

A Egalitê já ajudou a incluir mais de 6 mil pessoas com deficiência no mercado de trabalho e auxiliar na implementação de projetos de inclusão de mais 500 empresas no Brasil. Em 2016 foi considerada uma das 5 principais iniciativas de inclusão do mundo pela Ruderman Family Foundation e em 2017, recebeu o Global Grand Challanges Award pela Singurity University na categoria Prosperidade –única empresa do Brasil a receber esse reconhecimento.

Criada em 2011 em Florianópolis, a  Meu Copo Eco atua no segmento da sustentabilidade ambiental. O negócio, criado em 2011 com a missão de realizar eventos livres de descartáveis no Brasil. A empresa é  pioneira no Brasil em oferecer solução para eliminar copos descartáveis em larga escala, utilizando uma metodologia baseada na logística reversa de copos reutilizáveis. A Meu Copo Eco tem o certificado de Empresa B é a primeira iniciativa do país a se tornar parceira oficial da Campanha Mares Limpos – ONU Meio Ambiente.

 

Geração DUX inicia quarta edição com 28 participantes

A turma de 2019 do Geração DUX é formada por 28 jovens profissionais com idade entre 20 e 32 anos, selecionados a partir de uma chamada pública lançada pelo programa em dezembro.   A formação, realizada desde 2016, contempla capacitação técnica, oficinas de autodesenvolvimento e networking. O programa é voltado para jovens que aspirem legitimar-se na dedicação a causas que sejam do interesse de muitos: a agenda cultural, educacional, assistencial, da saúde, da política formal ou ampliada, da gestão empresarial a preservação ambiental e a sustentabilidade, o empreendedorismo grupal e o desenvolvimento econômico, social e comunitário.

“Entre tantos objetivos, aspiramos ajudar o Rio Grande do Sul no esforço de retenção de seus melhores quadros profissionais, incentivando que seus talentos sejam operados em nossas organizações e instituições, sejam públicas, sejam privadas”, explica o diretor da Fundação Gerações, Léo Voigt.

Em 2019 o DUX será realizado entre abril e dezembro, com encontros mensais de três dias. O planejamento pedagógico é composto por palestras, workshops, oficinas de capacitação e imersão em experiências sociais, de gestão empresarial e pública,

“As vivências que tivemos nos módulos, o contato com os outros duxers e a oportunidade de conhecer pessoas, projetos e iniciativas que fazem uma transformação na sociedade fizeram repensar meu papel como pessoa e profissional, enriquecendo o olhar frente a todos os aspectos, principalmente quanto a empatia, diversidade e compaixão”, resume o administrador Guilherme Ceccatto, que representou o Sicredi na turma de 2018.

Para Brenda Pereira Guedes, 26 anos, servidora da Fundação de Amparo Sócio Educativo do Rio Grande do Sul (FASE), a motivação para participar da seleção do DUX foi o interesse em pensar formas de levar inovação ao setor público.  “Toda a formação foi pensada e organizada de forma muito propícia para o desenvolvimento da turma como um verdadeiro grupo de pessoas que agora têm ainda mais incentivos para disseminar os valores, as ideias e conhecimentos em busca de uma sociedade mais inclusiva, justa e inovadora”, relata.

O Geração DUX já promoveu a formação de 78 jovens que representaram mais de 40 organizações públicas e privadas do Estado.  A programação das edições anteriores incluiu viagens de visitas a empresa Mercur, em Santa Cruz do Sul, ao Grupo Boticário, em Curitiba, e ao Insper, Cubo e Twitter, na viagem de 2017 a São Paulo. Em 2018, o programa realizou seu primeiro intercâmbio internacional em Lima, no Peru, onde o grupo participou do XIV Encontro Ibero-americano da Sociedade Civil.

Comments are closed.